Coletiva.net entrevista a Relações Públicas Claudia Flehr sobre sua empresa de Marketing exclusiva para área médica.

Coletiva.net faz perguntas para a Relações Públicas Claudia Flehr.

Coletiva.net é um portal de notícias – também uma revista digital -, com atualização diária, dedicado a assuntos relacionados a carreiras e negócios nas áreas de Marketing e Comunicação, englobando profissionais, veículos, agências, consultorias e assessorias. Com informações privilegiadas e exclusivas, Coletiva.net tem seu foco principal no mercado do Rio Grande do Sul.

Sua origem data de abril de 1999, quando a Coletiva Editora lançou a publicação Guia da Imprensa e da Propaganda, que era distribuída por fax aos profissionais do setor. No mesmo ano, migrou para a internet, recebendo a nova denominação e, desde 2001, passou a ter seu noticiário atualizado diariamente.

1 – Quem é você, de onde vem e o que faz?

Eu me chamo Claudia Flehr, venho de uma cidade pequena chamada Charqueadas, que fica a 70km de Porto Alegre, na região Carbonífera. Sou formada em Relações Públicas, pela Unisinos, e empresária e CEO da CF Claudia Flehr Marketing Digital Para Saúde, uma empresa de consultoria, criação e execução de Marketing Digital exclusivamente para a área médica.

2 – Por que escolheu ser relações-públicas?

Sempre tive facilidade em me comunicar através da fala e da escrita e, desde muito cedo, escolhi minha profissão. O relações-públicas tem o poder, através de técnicas e estratégias, de transformar um público, uma profissional, uma marca.

3 – Atualmente, sua atuação está focada no Marketing Digital. Por que este enfoque e como tem sido o trabalho?

Para falarmos do MKT Digital, é importante conhecermos os principais pontos de evolução do marketing e como chegamos ao Marketing Digital.

O desenvolvimento das mídias, como jornais, revistas, TV e rádio, foram o motor propulsor do marketing e a abordagem era muito diferente, o foco era o produto. O Marketing Digital tem seu foco no cliente. As pessoas têm cada vez menos tempo e precisam de respostas efetivas. Elas começaram a consumir com base em suas emoções e vontades, não mais apenas por necessidade. O Marketing Digital chegou para tornar tudo mais fácil e eficiente para o consumidor, alinhando o digital e o físico, trazendo a internet das coisas (IOT) para o dia a dia das pessoas.

O trabalho é motivador, todos os dias temos novidades nas plataformas, clientes que chegam sem conhecimento, mas que entendem a necessidade do Marketing Digital e querem aprender. Tem sido um aprendizado para mim e para a equipe e é quando crescemos.

Acompanhe a entrevista https://coletiva.net/comunicacao/cinco-perguntas-para-claudia-flehr,361835.jhtml

4 – Quais são as suas expectativas com a criação https://coletiva.net/comunicacao/rp-abre-empresa-de-consultoria-de-marketing-digital-voltada-a-area-da-saude,352087.jhtml da CF Claudia Flehr MKT Digital Para Saúde? Por que escolheu trabalhar para este nicho?

Minhas expectativas são muitas, desde criar o conceito de que os profissionais de Saúde podem fazer publicidade médica, mas que deve ser feito com a mesma ética com que exercem a medicina. Temos visto muitos trabalhos contrários às regras de publicidade médica estabelecidas pelo Conselho Federal de Medicina e, ao mesmo tempo, com o avanço da tecnologia, algumas dessas regras precisam ser revistas, justamente para não incentivarem que o indevido aconteça.

O mercado de Marketing Digital é um dos mais promissores atualmente e já existem demandas no cenário brasileiro. Esse crescimento vem para fortalecer as empresas do setor.

A rede social profissional Linkedin divulgou um levantamento com as 15 profissões em alta para este ano de 2020. Chamado de ‘Profissões Emergentes’, o estudo mostra que o gestor de redes sociais ocupa a primeira posição no ranking.

A escolha pela área da saúde se deu por trabalhar por mais de 20 anos ao lado das mais diversas especialidades médicas no Rio Grande do Sul, um dos segmentos mais tradicionais do mercado, a Medicina, e entender que estes profissionais se perguntam: “Como uma profissão tão séria, em que o sigilo de informação deve ser absoluto, poderia ter espaço para Marketing Digital, rede social, podcast, live?” É um grande desafio mostrar a estes profissionais que o marketing médico se tornou uma ferramenta fundamental para quem deseja ter visibilidade e criar valor aos serviços que oferece aos seus pacientes.

5 – Quais são os seus planos para daqui a cinco anos?

A CF, com apenas seis meses, já começa a difundir conceitos importantes na área médica e, apesar do mercado retraído, atrai clientes.

O trabalho com o Marketing Sensorial fez com que inaugurássemos uma loja virtual de aromas: a Bella Luna By Claudia Flehr, com essências importadas da Espanha e livre de álcool, o que traz mais durabilidade dos aromas, no nosso site www.claudiaflehr.com.br, com página no Facebook e Instagram.

Daqui a cinco anos, quero que a CF seja modelo para outras que virão, a expansão com geração de empregos e expertise neste segmento e também a organização de Cursos sobre Marketing Médico para profissionais de saúde, secretárias e profissionais de marketing que desejem atuar neste segmento.

Compartilhe essa postagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email

2