Blog é uma rede social para marketing médico?

O blog é uma rede social para marketing médico e tem uma conotação literária, pois tem um caráter científico e informativo. Eles servem para adesão.

No blog os conteúdos são empilháveis, eles são longevos, por isso se identificam muito com conteúdo médico, onde os temas tem muitos conteúdos de caráter científico e informativo.

Acredito que todo o site médico deva ter um blog, pois um blog que produz conteúdo relevante pode colocar a sua marca nas primeiras páginas de busca, o que é conhecido como “autoridade editorial”. Atualizar-se e pesquisar  sobre a sua área de atuação é muito importante.  Seu leitor precisa saber sempre das últimas novidades. 

Ter um site desatualizado de nada adianta, você pode ficar esquecido nas profundezas do mundo virtual, sendo muitas vezes ignorado pelo Google. Não há presença digital! Tratamentos para o câncer, por exemplo, novas vacinas para determinadas doenças, dietas para emagrecimento e bem-estar físico. Todos os dias surgem atualizações que você poderá levar em primeira mão aos seus seguidores. 

Quando eles, além de lerem, compartilham os conteúdos em suas redes sociais, há um aumento de sua credibilidade, o que faz com que o alcance de suas publicações vá mais longe do que você imagina. Fazer com que isso aconteça é um dos principais desafios que enfrentam os profissionais de saúde, junto com a utilização das novas tecnologias.

Sendo assim, apenas estar na internet não garante que isso acontecerá, ações pontuais são demandadas, realizadas por quem entende do assunto. 

Postagens do blog devem ser no mínimo uma por semana para um melhor relacionamento com o Google, ideal são duas postagens, sendo que deve se escolher sempre o mesmo dia da semana, período da manhã ou tarde e com essas ações você faz com que o Google mostre suas postagens para pessoas que buscam pelos seu assuntos.

Conteúdos bem escritos e interessantes demonstram o  seu conhecimento e sua experiência na área. Isso gera  credibilidade e pode, inclusive, resultar em veiculações espontâneas em outras mídias, tais como portais de notícias e revistas. 

 Dicas de bem-estar e prevenção de doenças são tópicos que trazem muito tráfego ao site. Educar o seu paciente também faz parte das ações que expandem a sua atuação e que demonstram humanismo e valorização da vida, fazendo com que rotinas de cuidados sejam adotadas por eles. Não fique com medo de utilizar o Marketing a seu favor, você vai se aproximar do  seu público por meio da atenção e do cuidado com os seus seguidores.  

É preciso ir além…

É preciso pensar grande, além de sua cidade e sua região, uma vez que um blog pode ser acessado por pessoas em qualquer lugar. 

 Nesse momento você pode pensar: mas não vou atender ninguém fora dessa área geográfica, o que isso me importa? Se você domina determinado assunto e escreve sobre ele, disponibilizando dicas úteis para os seus seguidores, mesmo que eles não morem em sua cidade, podem recomendar os seus serviços para muitas pessoas. Aqueles que estão buscando por esse tema, são potenciais pacientes e precisam dessa informação para contatar um profissional. Mesmo que você não esteja próximo dele, se o conteúdo for relevante, se tornará referência na busca de outras pessoas, inclusive as que moram em sua região de atuação.

Lembre, que seu consultório não é mais encontrado apenas pela busca de um telefone ou endereço. Por meio de uma pesquisa sobre determinado assunto, o paciente pode chegar ao seu blog e conhecer mais sobre o seu trabalho. Ter um site é  muito importante, mas potencializar seu uso com um blog é fundamental para alavancar qualquer estratégia de marketing em saúde.

O blog pode fazer parte do seu site e é ideal, complementando as informações básicas com conteúdos interessantes para os pacientes. Leia também https://claudiaflehr.com.br/dicas-marketing-digital-para-medicos-paciente/ Quando esse canal de comunicação começa a receber muitas visitas, os buscadores entendem que aquele conteúdo é relevante e que mais pessoas precisam ter acesso a ele. Através das palavras-chaves é que chegarão  ao seu blog. 

Ao buscar pelo tratamento desejado, irão encontrar um especialista que tem um conteúdo relevante, que atende às suas necessidades, tirando suas dúvidas. Na hora de optar por um profissional, o seu nome com certeza estará na lista.

 Existem ferramentas bastante úteis na criação desses conteúdos, como  o Google ADS com a qual você pode criar campanhas pagas no Google e pesquisar as palavras-chaves mais procuradas. Para escrever, é preciso conhecer as técnicas de redação otimizada para SEOhttps://claudiaflehr.com.br/cf-marketing-digital-para-medicos/ ou contratar um profissional que seja encarregado de otimizar todos os seus textos.

Lembre que seguir as normas de publicidade médica do CFM é muito

importante https://cremers.org.br/publicidade-medica/

Você cria relacionamento com seguidores e com o Google, através da periodicidade com seus conteúdos.

👉Gostaram? Dúvidas? Deixa nos comentários que adoro ouvir vocês!

Compartilhe essa postagem

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email

2